contos meus

Liberdade de expressão não é liberdade de julgar tudo

7/17/2016 Priscila Baroni 0 Comentários


Oi maravilhoosas, tudo bom?

Hoje fiquei com uma super vontade de conversar com vocês, sobre um assunto que, acredito eu, ser um assunto que vai levar muitos anos pra haver alguma mudança.
Bom, estava vendo alguns vídeos na internet sobre maquiagem, e não eram nem 1 ou outro mas váááários vídeos, tanto bons como ruins. É! A gente se depara com cada coisa na internet que muitas vezes me faz pensar o que levou e o que se passa na cabeça de tal indivíduo a gravar aquilo. Assim como há coisas lindas e encantadoras. Há de tudo e pra todos os gostos.
Parei em um vídeo bem interessante de maquiagem, dava pra ver que a menina não tinha tanta técnica, mas estava dando dicas maravilhosas de como se virar nos 30 sem usar tanto o uso de pincéis, o que acho maravilhoso porque não é todo mundo que tem pincel pra tudo na maquiagem.
Era carente de uma boa iluminação ou qualidade de vídeo, mas ela era divertida e conversava como se estivesse contando pra uma amiga intima, o que acaba prendendo as pessoas ao vídeo. 


A parte cruel era, com certeza, o box de comentários que haviam desde os mais singelos elogios como uma jorrada de ódio gratuito e várias "sabichonas". 
O problema é que haviam mais críticas inúteis, do que pessoas que realmente conseguem enxergar as limitações dos outros e que podem dar dicas construtivas.  E isso me incomodou sim, não era em um de meus vídeos, mas de alguém que não faço a mínima ideia de quem seja, e não é porque eu vi 1 vídeo dessa pessoas que eu tenho a liberdade de dizer qualquer coisa.

Por isso vim desabafar mesmo com vocês, porque acredito que seja muito venenoso essas atitudes no nosso cotidiano. Não é só porque nós trabalhamos e pagamos nosso pacote de internet todo o mês, que nos dá a liberdade de sair navegando por aí pra criticar os outros.
Entrou por acaso em alguma página e não curtiu nada do que tinha lá, sai por acaso, volta a página, fecha a aba, redigita outra coisa na caixa de busca... Não seja um internauta imbecil. 
Há tantas coisas que vejo por aí e não curto nem um pouco, tanta coisa que vejo enchendo o saco... Mas não estou lá em todo espacinho de comentário xingando, difamando, criticando negativamente sem fundamento, por que isso são pra pessoas mal amadas, haterzinhos que no máximo num domingo assisti Faustão e se acham super engraçados. Pessoas vazias, com mente vazias, são barulhentas, porque qualquer tampinha que cai faz eco. Gente de conteúdo, com mente ocupada são silenciosas, quietas, e quando opinam é pra melhorar, ajudar, dar ideias melhores, fazer melhor.
Bem como me foi dito "quem não consegue fazer melhor, crítica"!
Claro que acho isso horrível e ter pessoas assim do nosso lado é tóxico! Não suporto gente que reclama de tudo, xinga todo mundo sem conhecer o mundo, carrega aquele ódio de tudo. Gente, vamos melhorar isso aí, por favor!
O espaço da internet tem a intenção de nos unir, de conhecermos novas pessoas, de interagir com outras etnias no intuito de descobri coisas novas, o mundo guarda muita gente interessante, com ideais, pessoas inteligentes... E tudo está sendo abafado com a ignorância, a mesmice, extremismo, vitimismo e comodismo. 
Pessoas interessantes estão deixando de usar a internet, porque não dá mais pra conviver com esse ódio inventado que é distribuído por aí. Inventado porque o que a pessoa diz na internet, não tem coragem de dizer na cara de ninguém. O falso moralismo do feed de notícias de cada dia....

Devíamos aprender que se não há nada em que possamos acrescentar, devemos ficar de bico calado e deixar que quem entendo do negócio tome as rédeas. Cadê a humildade, modéstia e a gratidão?
Quando fazem discurso de paz e  comenta "ai nossa ficou horrível, vai aprender a fazer direito pra depois compartilha" você está indo totalmente contra o sossego que tanto pediu no face, criando uma guerra interna, e aumentado o ódio infundamentado por ai.  E isso eu não acho justo. 

Não curtiu, mas quer comentar? Tenha uma ideia melhor, dá dicas na sua visão de como poderia melhorar, e pra criticar não precisa ser grosseiro ou rude. Seja honesto e doce com a pessoas que está criticando. Pense como ela se sentiria ao ler o que você escreveu, se coloque na posição dela também. Agora se só acha ridículo mesmo, sai da página, esquece, bola pra frente... Se a pessoa quer ser 'ridícula'  não é um comentário ofensivo que vai fazer com que ela mude e seja o que você quer ela seja. Simples assim!
A liberdade de expressão nada tem a ver com julgar as pessoas, criticar negativamente, não te dar o direito de dizer o que elas devem dizer, vestir, comer... E sim, precisamos saber, acima de tudo, o que devemos compartilhar, usar essa ferramenta maravilhosa com sabedoria.

Por favor, vamos refletir sobre essa questão, ser mais pacientes e tolerantes com os outros. Compartilhar amor e coisas que acrescentam em nossas vidas e não que frustram ainda mais nossos corações. Não quer distribuir amor, então ao menos respeite aqueles que querem amar e distribuir apenas os conselhos bons, os comentários que ajudam e fortificam. Certo? ✌️

Vamos compartilhar AMOOOOR ❤️


Beijão no seu coraçãozão 💋

Você pode gostar também

0 comentários: